Especialista orienta como usar bem o dinheiro do FGTS inativo


Noticias ao minuto | 24/02/2017

A partir do dia 10 de março, todos os trabalhadores com contas inativas do FGTS poderão retirar o dinheiro. Segundo o governo, serão injetados na economia brasileira entre R$ 30 bilhões e R$ 35 bilhões. Com esse dinheiro em mãos, o trabalhador deve estabelecer prioridades e usar de forma consciente esse “ganho extra” no começo do ano. Para ajudar as pessoas que vão sacar esse dinheiro, o professor de economia e finanças da DeVry | Metrocamp, Fabrício Pessato, sugere quais devem ser as prioridades:

1° - livre-se das dívidas bancárias - As taxas de juros para cheque especial e cartão de crédito ultrapassam 400% ao ano. Tudo o que puder abater do valor devido aos bancos é ótima para a saúde das finanças pessoais;

2°- livre-se dos impostos – Os impostos de início do ano, como IPTU, IPVA e imposto de renda consomem todo o poder aquisitivo. Pague esses impostos!;

3° - guarde dinheiro! - A economia está em recessão, o desemprego ainda está em alta. Guarde dinheiro para enfrentar eventuais momentos difíceis. Aplique em fundos conservadores: CDBs, fundos DI e caderneta de poupança para poder sacar dinheiro rapidamente. E tesouro direto para o médio a longo prazo;

4° - evite as compras supérfluas - Em momentos de crise, evite comprar itens desnecessários. Faça-se a seguinte pergunta: "é imprescindível comprar isso agora"? Se a resposta for "não", então, não compre.

 


Comentários