Usuários do iPhone X relatam problemas para atender ligações


Veja | 06/02/2018

Usuários da Apple relataram problemas para atender ligações no iPhone X, último lançamento da empresa. Em alguns aparelhos, a tela para aceitar ou rejeitar a chamada demora até oito segundos para aparecer. Em outros, ela simplesmente não aparece até o fim da chamada.

O defeito começou a ser relatado nos fóruns de suporte da Apple em dezembro de 2017, mas o número de reclamações cresceu nas últimas semanas.

Um dos usuários conta que, ao receber chamadas, o toque funciona normalmente, mas a tela demora entre seis a oito segundos para aparecer. “Sempre que eu reinicio o meu iPhone X o problema se resolve automaticamente, mas após 15 ou 20 ligações o mesmo problema começa novamente”.

Outro consumidor da Apple diz que teve dificuldade similar. “Ao receber ligações no meu iPhone X, ele só toca e vibra, não há exibição de tela no primeiro toque. Às vezes, a tela aparece depois de dois ou três toques. Em outras situações, há só o toque até o final da chamada”.

Um dos usuários diz ter entrado em contato com a Apple Dubai, que substituiu o aparelho defeituoso. “Eu e outros três colegas tivemos o mesmo problema. A Apple substituiu o aparelho, mas ele apresentou o mesmo defeito. A Apple tem que aparecer com uma solução. Pagamos muito dinheiro e agora estamos sofrendo”.

No Brasil, o aparelho custa de 6.999 reais a 7.799 reais, dependendo da capacidade de armazenamento – 64 GB ou 256 GB. O preço é tão alto que fica mais barato viajar até os Estados Unidos para adquirir o smartphone.

Outro usuário do fórum também afirmou que entrou em contato com a Apple para resolver o problema. “Eu escrevi dois e-mails para eles. A Apple ligou dizendo para esperar até que a próxima atualização de sistema seja lançada. É um comportamento absolutamente irresponsável da Apple”.

Em dezembro, a Apple gerou revolta entre os consumidores ao admitir que a velocidade de iPhones diminuía conforme ficavam mais velhosA empresa foi alvo de processos nos Estados Unidos por conta desse problema. Recentemente, a Apple anunciou que a próxima atualização do sistema operacional terá a opção de gerenciamento de desempenho do iPhone – assim o usuário recebe informações sobre a saúde da bateria e de quando ela deverá ser trocada.

A Apple resolveu cortar pela metade a meta de produção do iPhone X nos primeiros três meses do ano, fabricando apenas 20 milhões de unidades, informou o jornal japonês Nikkei. O corte de produção do iPhone X foi incentivado por vendas mais lentas do que o esperado na temporada de compras de final de ano na Europa, Estados Unidos e China, segundo a publicação.

Procurada, a Apple Brasil afirmou que, no momento, não vai comentar o caso.

 


Comentários