Dicas para mudar de casa sem perder a sanidade mental


NOTÍCIAS AO MINUTO | 04/12/2017

Mudar de casa pode ser uma experiência (muito) estressante. Um estudo recente revelou até que mudar de casa é, em 61% dos casos, o momento de mais tensão na vida de uma pessoa, superando até o divórcio.

Pensando na sua experiência própria, a editora do Metro, Ellen Scott, nos deixa algumas dicas para que a transição de uma residência para outra não seja assim tão ruim. São pequenos passos que podem tornar a ação muito mais fácil.

1. Comece as arrumações antes do dia da mudança. Inicie a preparar com antecedência o empacotamento das coisas. Divida as caixas por temas - roupa, livros, objetos, etc -  e aproveite para fazer uma limpa geral: tudo aquilo que já não usa ofereça a instituições ou amigos.

2. Tire um dia de férias. Pode fazer as mudanças numa semana sem ter que tirar férias, mas isso só vai te deixar angustiado e cansado. Mesmo que aproveite o fim de semana para as mudanças, aquilo que vai acontecer é que vai voltar na segunda-feira ao trabalho já cansado. Um dia de férias pode fazer toda a diferença para descansar e começar a semana com energia.

3. Coloque a medicação num local à parte e de fácil acesso. Há coisas que podem sempre fazer falta e que é aconselhado que estejam sempre à mão para uma situação de emergência.

4. Tenha sempre algo acolhedor com você. Durante aquele período em que já tem tudo encaixotado, mas ainda está vivendo na residência antiga, é importante que mantenha consigo algo que o faça se sentir 'em casa'. Pode ser aquela manta polar que usa quando dorme no sofá, a caneca onde bebe sempre o seu café ou chá, ou um simples chinelo de quarto. O importante é que tenha algo que o reconforte e o faça sentir-se bem.

5. Peça ajuda. Todos somos adultos e sabemos que o conseguimos fazer sozinhos. Mas é um pesadelo, por isso, por que se massacrar e fazer tudo sozinho? Ninguém se importará de ajudar e esse pequeno auxílio pode fazer toda a diferença. Dá até para organizar a festa da mudança e aproveitar a ocasião para se divertir com os amigos.

6. Tenha um orçamento sempre disponível. Mudar de casa inclui sempre despesas, seja com o aluguel, a van de mudanças, o pagamento de uma despesa inesperada ou pela necessidade de se comprar novos móveis. Tenha sempre uma poupança guardada para que este não seja um problema extra.

7. Mais vale fazer uma pausa do que tentar fazer tudo de uma só vez. Não faça tudo num só dia. Prepare as coisas com antecedência. Vá levando as malas ou caixas aos poucos e faça com que o processo se realize em fases. Quando se der conta, já transportou tudo o que queria e até vai parecer que não custou nada.


Comentários