Como a 'Black Friday' se tornou um fenômeno mundial?


ANSA | 23/11/2017

A "Black Friday", hoje um fenômeno mundial que movimenta o comércio, surgiu em meados dos anos 1960 nos Estados Unidos. Realizada na sexta-feira seguinte ao tradicional Dia de Ação de Graças, o dia era marcado pelos enormes descontos e promoções de móveis, roupas, brinquedos e diversos outros objetos.

A novidade caiu no gosto da população e se tornou uma tradição. A partir de então, a "Black Friday" ganhou mais espaço nos centros comerciais e, todos os anos no final de novembro, as lojas ficam lotadas de consumidores.

O sucesso da liquidação fez com esse dia, ano após ano, ficasse conhecido como o grande símbolo do consumismo norte-americano. Neste ano, o "evento" acontece nesta sexta-feira, dia 24.

Na tentativa de atrair mais clientes, atualmente as lojas não se limitam apenas em realizar a promoção em um dia. Grande parte dos estabelecimentos antecipam a data e colocam grandes descontos em seus produtos uma semana antes da tradicional sexta-feira.

- Curiosidades da 'Black Friday':

Em 2008, em Nova York, nos Estados Unidos, um funcionário da Wal-Mart, uma grande rede de supermercados, foi pisoteado durante a abertura da loja por mais de dois mil pessoas.

No mesmo ano, na Califórnia, dois pais brigaram entre si para para comprar o mesmo brinquedo para seus filhos, visto que ele era o último da loja. Já na "Black Friday" de 2014, a euforia das pessoas era tanta para a abertura das lojas que a polícia britânica precisou intervir para conter a multidão em diversos estabelecimentos de Dundee, Glasgow, Cardiff, Manchester e Londres.

Na Itália, a tradição é muito recente. A "Black Friday" explodiu no país por conta dos grandes descontos que as lojas ofereciam pela internet. Agora, a data também está se tornando uma "tradição" no país.


Comentários