Jogador de RO ganha título de artilheiro de Copa Recriança


Globoesporte.globo.com/Rondonia | 08/11/2017

Danton Daniel, de 10 anos, foi emprestado pelo Genus, clube onde joga desde os seis anos, para o Avaí Porto Velho, e disputou a Copa Recriança 2017 em Rio Branco, Acre. Representando Rondônia, o pequeno craque conquistou dois títulos, nas categorias sub-9 e sub-11, e o prêmio de artilheiro da competição.

Toda essa desenvoltura em campo é devido a rotina de treino e estudos sobre o esporte, explica o técnico Deutz Costa.

Em quatro jogos, Danton marcou sete gols. Toda essa desenvoltura é reflexo de muita dedicação, explica o técnico Deutz Costa, que acompanha o atleta desde o início de sua carreira com a bola. Na mala, Danton voltou com o troféu individual de artilheiro e conquistas para o Avaí Porto Velho.

- Danton sempre foi muito dedicado, ele treinava com os meninos da mesma idade dele, mas teve que ir para uma turma maior devido sua habilidade em campo. Além da desenvoltura em campo, a disciplina do atleta também faz diferença em campo. Toda a tática de jogo dele não é apenas adquirida nos treinos em campo, mas também por acompanhar as grandes equipes nacionais e internacionais na televisão e internet, sempre buscando aprender novos movimentos.

Deutz ainda destaca que o psicológico do atleta também é trabalhado, e mesmo com pouca idade, entende a responsabilidade de sair do time de origem para servir um outro clube, com o compromisso de fazer a diferença, para não voltar para seu time sem bons resultados.

Danton explica que esta é a segunda vez que é emprestado para o Avaí e diz que seu foco é trabalhar para conquistar mais artilharias. Mesmo diante de adversários fortes, o pequeno jogador não se intimida.

- Essa é a segunda vez que saio do Genus para atuar no Avaí. Nessa Copa Recriança consegui conquistar o título de artilheiro e quero conquistar ainda mais. Marquei muitos gols, mesmo enfrentando muitos times fortes, como Galvez, mas estava motivado, isso me fez conquistar esse troféu.

Sonhando alto, Danton Daniel diz que seu objetivo é jogar pelo Flamengo e que toda dedicação é para que esse sonho seja realizado. Além do clube carioca, o pequeno é torcedor Aurigrená e explica que logo estará no Aluizão jogando no clube do coração.

- O Genus é minha casa, parece que nasci no campo e quero jogar defendendo esse time. Também quero jogar no Flamengo, trabalho muito para isso acontecer e me dedico tanto na escola como no campo para no futuro levar o nome de Rondônia para todo o mundo.

Técnico do Avaí, Lima explica que o jogador se encaixa no perfil da equipe, um atleta que se desenvolve em campo e chama a responsabilidade do jogo em muitos lances. Lima ainda destaca o avanço da técnica do jogador como diferencial.

- Convidamos o jogador Danton Daniel por se encaixar no perfil do nosso clube e pelo desenvolvimento nos jogos, chamando a responsabilidade para si. O atleta tem uma dinâmica de jogo muito avançada, dando segurança para a equipe. Acreditamos no potencial desse menino e torcemos para que não apenas em nosso estado ele possa ser reconhecido, mas pelo país a fora, pois tem maturidade para isso. O entrosamento dele é tão grande que até esquecemos que ele é da equipe adversária.


Comentários