Aventuras no Mundo Encanado faz espetáculo aberto


RONDONIAOVIVO | 11/08/2017

O espetáculo “Aventuras no Mundo Encanado” frará apresentação especial hoje, 11, na Praça Jonas Ferreti, em Buritis, Rondônia. Viabilizado pelo Ministério da Cultura por meio da Lei Rouanet, com produção da 3 Apitos Cultura, patrocínios das concessionárias Nascentes do Xingu e Águas de Buritis, e apoio do Instituto Equipav, o espetáculo infantil está desde segunda-feira na cidade e fez 12 apresentações gratuitas, sendo 11 em escolas municipais e, está última, na Praça, para que as famílias possam curtir juntas. A peça tem como foco democratizar o acesso à cultura e conscientizar a população local sobre o meio ambiente.

Este ano, a peça “Aventuras no Mundo Encanado” traz texto inédito e um novo protagonista. Por meio de uma abordagem lúdica, o espetáculo contará a história que terá como personagens centrais um boto cor de rosa e também as características geográficas da região, contextualizada para as problemáticas enfrentadas no dia a dia.

O espetáculo conta que partindo de Buritis, a menina Mariana embarca em uma incrível viagem com Rosael, um boto cor de rosa com poderes de conscientizar as pessoas sobre os cuidados com o meio ambiente. Contando ainda com a colaboração do Papagaio Falador, juntos buscam encontrar uma solução para salvar a lendária Sucuri Juju da poluição que destrói os rios e matas da floresta amazônica.

O diretor executivo da Nascentes do Xingu, Diego Dal Magro, ressalta a importância do projeto para sensibilizar e orientar as novas gerações para adoção de comportamentos e atitudes responsáveis com o meio ambiente.

“Temos o compromisso de contribuir para a saúde e qualidade de vida da população, tanto com investimentos em nossos serviços quanto pelo estímulo de hábitos ambientais sustentáveis. Por isso, investimos constantemente em programas e projetos sociais que incentivam a educação ambiental junto à comunidade, mostrando a importância do tratamento da água, da coleta e tratamento do esgoto e da preservação dos recursos naturais. Unir lazer e conhecimento é a melhor maneira de chamar a atenção das crianças e jovens para estes temas tão importantes”, destaca o diretor.

 


Comentários