Sete hábitos que sabotam a dieta de qualquer um


mundo positivo | 16/06/2017

Adotar um rotina alimentar saudável não deve ser sinônimo de passar fome, você sabia? Se o objetivo é perder alguns quilinhos, escolher alimentos que colaboram para o bom funcionamento do metabolismo e contribuem com o bem estar é mais importante do que contar calorias. Mudar alguns hábitos alimentares pode não ser uma tarefa tão simples, principalmente, quando não se sabe o que é preciso mudar.

 

Para o médico e pesquisador da área da nutrição, Dr. Patrick Rocha é essencial orientar sobre alguns mitos alimentares e esclarecer como é possível retomar uma alimentação mais natural e nutritiva e gradativamente, excluir do cotidiano alguns hábitos prejudiciais.

 

"Dietas hipocalóricas, adotadas por um curto prazo, podem até surtir efeito aparentemente. No entanto, essa perda de peso não é saudável, você passa fome, perde massa magra, sofre e ainda prejudica o funcionamento do metabolismo, o que gera o tal efeito sanfona. Para emagrecer e permanecer magra, ou seja, para emagrecer de forma saudável e permanente, é preciso adquirir o hábito de consumir alimentos que tragam nutrição para o corpo e excluir, pouco a pouco, aqueles que não oferecem beneficio algum ao organismo" destaca Dr. Rocha.


Para quem deseja começar a mudar o estilo de vida alimentar e saber quais hábitos de vida podem estar sabotando a perda de peso, o médico Patrick Rocha destacou seis hábitos alimentares responsáveis por arruinar qualquer dieta e interromper a perda de peso:


1. Açúcar

Quando falamos em açúcar, pensamos logo em um doce, como um brownie ou até mesmo em uma torta gelada, não é mesmo? No entanto, o açúcar está escondido em diversos produtos, alguns até que nem imaginamos. Os diets e lights, por exemplo, entram nesta lista, assim como molhos de salada industrializados, ketchup, granola e barrinhas de cereal.


2. Trigo

A matéria-prima do pãozinho é consumida com regularidade na sua casa? Pois comece a pensar em alternativas. Só dar uma olhada nas prateleiras do supermercado para perceber como os produtos a base deste cereal são dominantes. O grande problema é que os produtos de trigo, além de não possuírem elevado grau nutritivo, podem funcionar como gatilho da fome, aumentando o apetite poucos minutos depois. E não adianta pensar que trocando o pão branco pelo integral está resolvido. É preciso realmente evitar o trigo, seja refinado ou integral.


3. Bebidas Alcoólicas

Pode ser difícil de resistir naqueles momentos de confraternização, no happy hour com os amigos, ou em um jantar especial, mas, o ideal, para quem está pretendendo perder peso é suspender o uso de bebidas alcoólicas. E se for beber, o recomendado é evitar as bebidas fermentadas e beber com muita moderação.


4. Gorduras Trans

Essas gorduras feitas a partir de óleos vegetais poliinsaturados, como os de soja, milho e canola, são responsáveis por danificar o bom funcionamento do metabolismo, deixando-o mais lento e impossibilitando emagrecer com saúde. As gorduras trans servem basicamente para melhorar o sabor e aumentar a durabilidade dos alimentos industriais. Para descobrir se um alimento tem ou não gordura trans é preciso ficar atento e olhar no rótulo se possui gordura hidrogenada ou gordura parcialmente hidrogenada.


5. Bebidas Adoçadas

Seja o refrigerante (que a boa ciência mostra ser a bebida mais maléfica que existe), sejam os sucos adoçados ou mesmo os energéticos, essas bebidas são repletas de açúcar, além de outras toxinas que irão desregular os hormônios, aumentam a sua insulina e engorda.


6. Alimentos industriais

Os alimentos industriais de uma forma geral podem sabotar uma dieta. Mesmo aqueles ditos naturais levam grandes quantidades de açúcares e corantes e prejudicam muito a saúde, engordam... Batatas industriais, bebidas à base de soja, sucos naturais concentrados (ricos em frutose) e qualquer alimento que leve um rótulo cheio de nomes deve ser evitado e sabotam a dieta. É importante buscar adotar uma alimentação que priorize alimentos naturais, como legumes, vegetais, ovos, frutas (principalmente as vermelhas), carnes e evitar alimentos processados. A sua saúde agradece.


7. Deixar de consumir gorduras saudáveis e proteínas de alto valor biológico

Trata-se de alimentos que irão de fato lhe nutrir e trazer saciedade, duas propriedades importantes para quem quer perder peso com saúde. Assim como não adianta comer e não nutrir suas células, não adianta comer e sentir fome logo depois. A melhor orientação a seguir é priorizar alimentos ricos em gorduras saudáveis e proteínas de alto valor biológico de fato lhe manterão saciado por tempo suficiente, sem que você tenha que ficar beliscando a cada 2 ou 3 horas. O que quero dizer com isso? Inclua alimentos como ovos caipiras, abacates, carnes com a gordura natural, manteiga e óleo de coco na sua rotina. Você conseguirá controlar a fome e não sabotará a sua dieta.


Comentários